Hollande: “o ataque é de origem terrorista”

Presidente da França, François Hollande (D.R)
Presidente da França, François Hollande (D.R)
Presidente da França, François Hollande (D.R)

Presidente francês confirmou que as autoridades já identificaram o presumível autor do ataque numa fábrica de gás industrial. Suspeito encontra-se detido.

O Presidente francês abandonou a cimeira europeia e seguiu para Paris, para uma reunião de emergência do conselho de Defesa, esta tarde, no Palácio do Eliseu. François Hollande reagiu em Bruxelas ao “ataque terrorista” que esta manhã fez um morto e pelos menos dois feridos, no sudeste de França.

“O ataque é de origem terrorista. Foi encontrado um cadáver decapitado. Com inscrições. No momento em que estou a falar há um morto e dois feridos”, disse François Hollande, antes de seguir para Paris.

O presidente francês confirmou que as autoridades já identificaram o presumível autor do ataque. O homem foi detido.“O indivíduo suspeito de ter praticado este atentado foi apanhado e identificado”, afirmou.

“Os meios considerados necessários foram enviados para a região. Os locais de com produtos químicos estão com proteção reforçada e todas as medidas foram adoptadas, para evitar todas novos dramas e prevenir todas as acções”, afirmou hollande.

O presidente disse ainda que recebeu a solidariedade de todos os chefes de estado ou de governo da União Europeia, mas, “não chega”.

“Há comoção. Mas, a comoção não pode ser a única resposta. É preciso acção. Prevenção. Dissuasão. A necessidade te transmitir valores e nunca ceder ao medo. E, de estar à altura de todas as circunstâncias, sem criar divisões inúteis e suspeitas intoleráveis”, defendeu. (dn.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA