Fundação Lwini inaugura Gabinete de Apoio ao Estudante Invisual

ANA MARIA GUIMARÃES - CURADORA DA FUNDAÇÃO LWINI (Foto: Joaquina Bento)

Um Gabinete de Apoio ao Estudante Invisual foi inaugurado hoje, quarta-feira, na Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, em Luanda, numa iniciativa da Fundação Lwini.

ANA MARIA GUIMARÃES - CURADORA DA FUNDAÇÃO LWINI (Foto: Joaquina Bento)
ANA MARIA GUIMARÃES – CURADORA DA FUNDAÇÃO LWINI (Foto: Joaquina Bento)

A sala está equipada com 25 itens, com destaque para cinco computadores e respectivas impressoras em braille, resmas de papel e lupas, avaliados em 6.225.083 mil Kwanzas, devendo beneficiar os actuais cinco estudantes da instituição.

Ao intervir no acto, a representante do decano da faculdade, Sheila Frederico, agradeceu a doação e louvou o trabalho que a Fundação tem dedicado a sociedade angolana desde a sua criação (Junho de 1998).

Referiu que com esta doação a Fundação estará a cumprir com mais um dos seus objectivos na vertente de promoção da advocacia, juntando-se a mobilização e sensibilização sobre os portadores de deficiência.

Lembrou que o percurso desses estudantes não tem sido fácil, ultrapassando inúmeras barreiras sociais e preconceitos de todos os níveis, por isso acredita que a esses equipamentos será dado o uso desejado, visando melhorar cada vez mais o seu desempenho académico, facilitando as suas vidas e possibilitando terem acesso a uma gama maior de informação.

A curadora da Fundação Ana Maria Guimarães informou que a instituição tem evoluído as suas acções, passando este ano a apostar mais para o desenvolvimento, sendo objectivo a criação de uma rede de gabinetes de apoio aos estudantes com deficiência.

Fez saber que nesta primeira fase trabalharão com estudantes invisuais, sendo este o “pontapé” de saída para uma rede que se prevê estender para todo o país e a todas as universidades.

Explicou que nesta senda, a Fundação vai entrar com os equipamentos e a formação dos cuidadores da sala, devendo as faculdades garantirem a sua manutenção.

Finalizou adiantando ser objectivo primordial da Fundação Lwini, garantir que os alunos invisuais do ensino superior tenham as mesmas facilidades de acesso a informação que os permita melhor desempenhar as suas actividades.

Criada a 30 de Junho de 1997, a Fundação Lwini completa este mês 17 anos de existência, dedicando-se à causa dos mais necessitados, dentre os quais portadores de deficiência, crianças e mulheres. (portalangop.co.ao)

1 COMENTÁRIO

  1. Boa tarde,Eu agradecia se ajuda se minha irmã Ele é portadora de dificiencia física e a nossa família não tem condições pra ajudar Ela nos estudos e outras necessidade s,por favor nos ajudem

DEIXE UMA RESPOSTA