França: Morre, aos 88 anos, o ex-ministro do Interior francês Charles Pasqua

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O ex-ministro francês do Interior, Charles Pasqua, de 88 anos, pilar da família ‘gaullista’ e padrinho político de ex-presidentes, como Jacques Chirac e Nicolas Sarkozy, morreu nesta segunda-feira, informaram fontes coincidentes.

Ex-senador, Pasqua pôs um ponto final em sua carreira política em 2011, marcada em boa parte pelas sombras lançadas por suas actividades paralelas quando comandava as forças de ordem, em particular por suas redes africanas e problemas com a justiça vinculados a um assunto de venda de armas a Angola.

Pasqua morreu nesta segunda-feira no hospital Foch de Suresnes, perto de Paris, informou em um comunicado o presidente do departamento de Hauts-de-Seine, Patrick Devedjian (dos Republicanos), manifestando a “profunda tristeza” do conjunto dos vereadores, entre os quais Pasqua foi um de seus pilares.

Pasqua apareceu em público pela última vez em 30 de Maio passado, quando a ex-UMP, oposição de direita, se tornou “Os Republicanos”.

O político veterano esteve envolvido em uma dezena de casos (de financiamento político com desvios de recursos e venda de armas para Angola), pelo qual foi condenado, em 2010, a 18 meses de prisão.

Nascido em 18 de Abril de 1927 em Grasse, sul da França, Pasqua, neto de um pastor corso, entrou aos 16 anos para a Resistência e, ‘gaullista’ convicto, uniu-se em 1947 à RPF (Agrupação do povo francês). Fez carreira em uma empresa de fabricação de licores. (afp.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA