Em vídeo, faça um passeio 3D pelas ruas de Paris no século 18 (vídeo)

A simulação 3D do centro de Paris que acompanha o áudio. (cnrs.fr/ @ BRETEZ)
A simulação 3D do centro de Paris que acompanha o áudio. (cnrs.fr/ @ BRETEZ)
A simulação 3D do centro de Paris que acompanha o áudio.
(cnrs.fr/ @ BRETEZ)

Basta colocar os fones de ouvido para ser remetido ao centro do bairro de Châtelet, o coração de Paris, em pleno século 18. É essa a proposta do trabalho da musicóloga francesa Mylène Pardoen, que reconstituiu fielmente o ambiente sonoro da capital francesa na época em que o burburinho era formado apenas por carroças, artesãos e as águas do Sena.

O trabalho, apresentado na quarta-feira (17) na Cité des Sciences et de L’Industrie, em Paris, juntou a pesquisa de historiadores e a técnica de especialistas em 3D. O resultado é um vídeo que passeia pelas ruas do centro da cidade, em uma cartografia baseada no famoso mapa de Turgot-Bretez, de 1739. O visitante é convidado a explorar o trecho entre a Ponte au Change e a Ponte Notre-Dame, área que na época concentrava 80% do movimento da cidade.
Entre os documentos consultados para se chegar ao resultado final estão o Tableau de Paris, de Louis-Sébastien Mercier, publicado em 1781. Quem conhece a área nos dias atuais, vai ficar impressionado de ver como as pontes que ligam a Ilha de la Cité à margem direita do Sena eram tomadas por construções e chaminés. A tecnologia de “som 3D” permite que os mais diferentes aspectos – como a altura dos prédios – influenciem no som que será ouvido – e por isso a importância de usar fones de ouvido. Ao final, são 70 sons diferentes.

Todos os sons são naturais, captados pela musicóloga junto a máquinas da época. O trabalho faz parte do projecto Bretez, que une ciências humanas e engenharia para valorizar o património histórico através de reconstituições tridimensionais e espaciais. (rfi.fr)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA