Egipto: Polícia evita atentado na cidade turística de Luxor

Cairo – A polícia do Egipto anunciou nesta quarta-feira que evitou um atentado suicida numa área próxima ao famoso templo de Karnak, na cidade turística de Luxor, e que matou outros dois criminosos num tiroteio.

0,b9893616-7c14-45dd-a8b2-b0446e34538fAs autoridades afirmaram que um criminoso detonou a bomba que transportava e outros dois foram mortos num tiroteio perto do templo de Karnak.

Um funcionário do serviço de limpeza ficou levemente ferido na explosão, que aconteceu num estacionamento a 500 metros do célebre templo do antigo Egipto.

As forças de segurança abriram fogo contra os outros dois criminosos, que foram mortos, segundo fontes oficiais.

Os turistas que estavam no templo foram retidos no local pela polícia e nenhum deles ficou ferido, segundo o ministério de Antiguidades.

Vários atentados foram registados no Egipto desde que o exército destituiu e prendeu o presidente islamita Mohamed Morsi em 2013, o que deu início a uma campanha de repressão contra os partidários do antigo chefe de Estado, sob as ordens do novo presidente Abdel Fattah al-Sisi.

Mas até o momento os alvos dos ataques eram exclusivamente as forças de segurança, com excepção de um atentado suicida que matou três turistas sul-coreanos e o motorista de um autocarro em Fevereiro de 2014 no posto de fronteira de Taba, no Sinai, quando seguiam para Israel depois de passar pelo Egipto. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA