Diplomacia; Cavaco inicia hoje visita de Estado de dois dias à Roménia

Chefe de Estado Português, Aníbal Cavaco Silva (D.R)

O Presidente da República inicia hoje uma visita de Estado de dois dias à Roménia, país que atravessa neste momento uma crise política, com o primeiro-ministro romeno, Víctor Ponta, fora do país.

Chefe de Estado Português, Aníbal Cavaco Silva (D.R)
Chefe de Estado Português, Aníbal Cavaco Silva (D.R)

O chefe de Estado português, Aníbal Cavaco Silva, aterrou em Bucareste na terça-feira à noite e cumpre esta manhã o primeiro ponto da agenda da visita, um encontro com o seu homólogo romeno, Klaus Werner Iohannis. No final do encontro, os dois chefes de Estado darão uma conferência de imprensa conjunta.

À tarde, prosseguem os encontros institucionais e políticos, com Cavaco Silva a encontrar-se primeiro com o presidente do Senado, Calin Popescu Tariceanum, e, posteriormente, com o presidente da Câmara dos Deputados, Valeriu Zgonea.

Para quinta-feira estava agendado um encontro do chefe de Estado com o primeiro-ministro, Victor Ponta. Contudo, fonte da Presidência da República já revelou aos jornalistas que integram a comitiva de Cavaco Silva que no encontro estará antes presente o vice-primeiro-ministro e ministro da Administração Interna, Gabriel Oprea.

Há duas semanas, o Ministério Público anticorrupção (DNA) publicou as suas acusações contra o primeiro-ministro social-democrata que está a ser investigado por cumplicidade de evasão fiscal e branqueamento de capitais na época em que era advogado, entre 2007 e 2011.

Apesar do chefe de Estado conservador, rival de Ponta, e uma parte da oposição terem na altura exigido a demissão do primeiro-ministro, Victor Ponta afirmou estar inocente e ser vítima de uma “tentativa de golpe de Estado” orquestrada pela oposição, com a cumplicidade da justiça.

Entretanto, no fim de semana passado, Victor Ponta deslocou-se a Baku, no Azerbeijão, para assistir à abertura dos Jogos Olímpicos Europeus, e dali terá partido para a Turquia, para ser operado a um joelho.

Na quinta-feira, segundo e último dia da visita de Cavaco Silva, efetuada a convite do seu homólogo romeno, o programa será mais dedicado à economia.

Em 2014, e segundo dados fornecidos pela Presidência da República, as exportações portuguesas para a Roménia atingiram os 240 milhões de euros, com as importações a ficarem pelos 131 milhões.

Segundo o AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), em 2009 havia 366 empresas a exportar para este país do leste europeu e, em 2013, eram já 885 empresas. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA