Deslocação do vice-presidente a Moçambique confirma boas relações

Ministro conselheiro da embaixada de Moçambique em Angola, Eugénio Come (Foto: Francisco Miudo)

O ministro conselheiro da embaixada de Moçambique em Angola, Eugénio Come, disse hoje, em Luanda, que a deslocação do vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, a Moçambique é a confirmação das boas relações entre os dois países.

Ministro conselheiro da embaixada de Moçambique em Angola, Eugénio Come (Foto: Francisco Miudo)
Ministro conselheiro da embaixada de Moçambique em Angola, Eugénio Come (Foto: Francisco Miudo)

Eugénio Come falava à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, momentos após o embarque do vice-presidente para Moçambique, onde, em representação do Chefe de Estado angolano, José Eduardo, participa nas festividades do 40º aniversário da Independência daquele país do Índico, que se assinala a 25 de Junho.

O diplomata moçambicano considerou esta deslocação como uma oportunidade para, além da participação nas festividades do aniversário, uma ocasião para troca de impressões sobre o ponto da situação da cooperação bilateral.

“As relações são muito boas, ainda, no ano passado reuniu-se a Comissão Mista bilateral que reafirmou o comprometimento dos dois governos para o reforço da cooperação”, afirmou.

Revelou que, este ano, está prevista a reunião técnica que vai dar seguimento às decisões da Comissão Mista.

Os 40 anos da Independência de Moçambique celebram-se num contexto de paz e desenvolvimento.

Moçambique é, ao lado de Angola, membro da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), do grupo de países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA