Delegação inter-sectorial na reunião sobre gestão de riscos de desastres

EFECTIVOS DO SERVIÇO DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS EM ACÇÃO DE EMERGÊNCIA (Foto: Angop)

Uma delegação angolana inter-sectorial, chefiada pelo secretário de Estado do Ministerio do Interior, José Bamokina Zau, participou hoje, sexta-feira, na reunião conjunta dos Ministros da SADC responsáveis pela gestão de riscos de desastres e das finanças, em Harare, Zimbabwé.

EFECTIVOS DO SERVIÇO DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS EM ACÇÃO DE EMERGÊNCIA (Foto: Angop)
EFECTIVOS DO SERVIÇO DE PROTECÇÃO CIVIL E BOMBEIROS EM ACÇÃO DE EMERGÊNCIA (Foto: Angop)

Fonte da delegação informou à Angop que a reunião analisou o impacto dos desastres naturais que afectaram a maioria dos países da região da Africa Austral durante a época chuvosa 2014/2015.

Os impactos da seca e das inundações representam 80% das perdas humanas atribuídas aos desastres na região e 70% de perdas económicas na África Subsaariana associadas aos riscefiadas naturais.

O estado da Segurança Alimentar na sub-região com o fim de mobilizar apoio tanto dos Estados-Membros como dos Parceiros de Cooperação Internacionais (PCI) para uma ajuda humanitária e recuperação após Desastres foram igualmente debatidos .

O encontro decidiu sobre a criação de um Subcomité Ministerial Permanente da SADC para a área da Gestão de Riscos de Desastres que se reúne anualmente e sempre que necessário para avaliar o impacto dos desastres naturais.

Por outro lado,  exortou os Estados-Membros da SADC a adaptar nos ordenamentos jurídicos nacionais o Quadro de Acção de Sendai (2015-2030) para a Redução de Risco de Desastres e alinhar todas as políticas e quadros estratégicos nacionais e regionais em vigor com o Quadro de Acção de SENDAI que foi adoptado por 187 Estados-Membros da ONU como um novo Quadro para a Redução de Risco de Desastres em substituição do Quadro de Acção de Hyogo 2005-2015.

A delegação integra o comissário Bênção Cavila Abílio, Comandante Adjunto da Protecção Civil, Eduardo Joaquim Kondua, 1º Secretario da Embaixada de Angola no Zimbabwe e Simoneth Carvalho António, Adida Financeira da Embaixada de Angola no Zimbabwé. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA