Cunene: Delegação da Justiça intensifica registo civil na Môngua

(Foto: Angop)

Ondjiva- A delegação da Justiça na província do Cunene desenvolve desde quinta-feira uma campanha de rotina do registo civil e emissão do Bilhete de Identidade às comunidades residentes nas zonas rurais da comuna da Môngua, município do Cuanhama.

(Foto: Angop)
(Foto: Angop)

A campanha que decorre até terça-feira, enquadra-se no plano da instituição, que visa dar resposta ao abrigo do despacho presidencial  de 5 de Setembro de 2013, para extensão dos serviços a todas as aldeias para torná-los mais efectivos, inclusivos e céleres.

Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, o conservador adjunto do registo do Cunene, Aldevino Teodósio Deshimuahifela,  disse ser uma campanha de rotina que será extensiva as outras localidades, com vista a tornar os serviços mais próximo dos utentes.

Segundo fez saber, a comuna da Môngua dispõe de um posto de registo que funciona apenas com uma técnica. Devido a afluência massiva dos cidadãos, esclareceu, decidiu-se por fazer deslocar uma equipa de técnicos da sede da província para auxiliar nesta tarefa.

A fonte referiu que a prioridade deste processo recai sobretudo aos  idosos, mulheres gestantes e crianças, que através de  um documento vindo das autoridades do poder tradicional , da igreja ou uma testemunha que tenham conhecimento da nascença do cidadão são cadastrados.

Por seu turno, o administrador da Môngua, Nicolau Muashipewa, enalteceu a iniciativa do sector da Justiça, tendo garantido o empenho das autoridades administrativas locais para mobilizar a população para o registo e emissão do Bilhete de Identidade

De acordo com o responsável mais de 75 porcento da população está carente destes serviços, razão pela qual existe longas enchentes no posto de registo, uma vez que os cidadãos  estão consciencializados sobre a importância do registo para obtenção da referido documento

Durante os primeiros três dias do processo foi possível registar perto de 500 cidadãos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA