Cunene: Aumentam casos de traumatismo por acidente de viação

DIRECTOR DA SAÚDE NO CUNENE - ELEUTÉRIO HIVILIKUA (Foto: José Cachiva)

Ondjiva – Seiscentos e 30 pessoas com traumatismo por acidente de viação foram atendidos nas unidades sanitárias da província do Cunene, de Janeiro a Maio deste ano, contra os 455 de igual período de 2014.

DIRECTOR DA SAÚDE NO CUNENE - ELEUTÉRIO HIVILIKUA (Foto: José Cachiva)
DIRECTOR DA SAÚDE NO CUNENE – ELEUTÉRIO HIVILIKUA (Foto: José Cachiva)

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, o director provincial da saúde no Cunene, Eleutério Hivilikua, explicou que as lesões traumáticas são associadas a graves perturbações hemorrágicas e põem em risco de vida das vítimas dos acidentes de viação.

“As nossas unidades sanitárias a nível da província têm estado a receber pacientes com todos os tipos de traumatismos, desde os crânio-encefálicos, toráxicos, abdominais fechados, aos de extremidade, sendo este último o que afecta membros inferiores e superiores, frisou, sublinhando terem causado 11 mortes por traumatismos crânio-encefálicos e contusões cerebrais.

O responsável considerou a sinistralidade rodoviária como a maior causadora de traumas, apelando aos condutores a terem mais prudência nas estradas, com vista a preservarem a vida. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA