Cuanza Norte: Aldeia de Kindange ganha nova escola primária

CUANZA NORTE: SECTOR DO ENSINO NA PROVÍNCIA (Foto: Lucas Leitão)

Banga – Uma nova escola do ensino primário será construída, ainda este ano, na aldeia de Kindange, comuna de Caculo Cabaça, município da Banga, província do Cuanza Norte, no quadro do programa de desenvolvimento rural e de combate à fome e à pobreza.

CUANZA NORTE: SECTOR DO ENSINO NA PROVÍNCIA (Foto: Lucas Leitão)
CUANZA NORTE: SECTOR DO ENSINO NA PROVÍNCIA (Foto: Lucas Leitão)

A informação foi avançada hoje, terça-feira, à Angop, pelo administrador municipal da Banga, Manuel de Sousa, tendo referido que a nova escola vai comportar três salas de aulas e terá capacidade para albergar 210 alunos em dois períodos.

A infra-estrutura, complementou, vai possuir ainda dependências administrativas, sala de professor, espaço de arrecadação, casas de banho, entre outros compartimentos.

Disse que a administração municipal vai continuar apostar em  projectos de  construção e reabilitação de mais salas de aulas para expandir, cada vez mais, o serviço de educação nas aldeias e povoações da região.

Este facto, ressaltou, vai implicar a contratação de mais professores para reforçar o corpo docente do município.

O soba da localidade de Kindange, Sebastião Maria, enalteceu a iniciativa, visto que a infra-estrutura vai substituir uma tenda que serve provisoriamente de sala de aulas.

A nova escola, ressaltou, vai proporcionar também maior comodidade a professores e alunos, assim como permitirá melhorar as condições de ensino e aprendizagem na localidade.

O município da Banga, localizado a 154 quilómetros a norte da cidade de Ndalatando, capital do Cuanza Norte, possui uma rede escolar constituída por 45 estabelecimentos de ensino e tem matriculado, no presente ano lectivo, três mil 228 alunos do ensino primário ao II ciclo do ensino secundário, cujas aulas são asseguradas por 130 professores.

O município conta com nove mil 493 habitantes e ocupa uma superfície territorial de mil e 259 quilómetros quadrados. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA