Cuando Cubango: Mavinga precisa de 203 novos professores

(Foto: Angop)

Mavinga – Duzentos e três novos professores são necessários no município de Mavinga, província do Cuando Cubango, para cobrir o sector educativo, permitindo assim a redução contínua de crianças fora do sistema normal de ensino.

(Foto: Angop)
(Foto: Angop)

A informação foi avançada hoje, terça-feira, pelo director municipal da educação de Mavinga, Dinis Fernando Armindo Solotchi, esclarecendo que os 172 docentes não conseguem cobrir a demanda actual.

Segundo o responsável, as 17 escolas do ensino primário e I ciclo, num total de 77 salas de aulas, permitiram matricular 10 mil e 548 alunos do ensino primário, I e II ciclo.

Dinis Fernando Armindo Solotchin referiu que as instituições escolares ainda não satisfazem as necessidades do sector, um facto que espera ser superada com a construção de novas infra-estruturas escolares.

O director informou que estão em construídas 54 novas salas de aulas, maioritariamente do ensino primário, e uma secundária do II ciclo, infra-estruturas que poderão retirar as crianças que ainda estudam em precárias condições. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA