Cuando Cubango: Governante destaca participação da Mulher Rural na protecção do ambiente.

Governador provincial do Cuando Cubango, Higino Carneiro (Foto: José Krithinas)
Governador provincial do Cuando Cubango, Higino Carneiro (Foto: José Krithinas)
Governador provincial do Cuando Cubango, Higino Carneiro (Foto: José Krithinas)

O governador do Cuando Cubango, Higino Carneiro, destacou, quinta-feira, em Menongue, a importância da participação da mulher rural para a protecção ambiental, bem como a sua inserção na vida económica e social, por forma a organizar a camada feminina no país.

Higino Carneiro, que falava na abertura da cerimónia do lançamento do projecto do Ministério do Ambiente “Rumo novo”, disse que o projecto tem ainda como objectivo formar os activistas ambientais da província.

O governante enfatizou que o projecto é inserido no Plano Nacional de Desenvolvimento (PND) em particular e no programa traçado para a mulher rural, que visa também a criação de aldeias ecológicas, tendo em vista a defesa e a prevenção do meio ambiente.

Fez saber que este projecto que trata do ambiente, também responde alguns aspectos da biodiversidade, bem como noutros aspectos da vida humana.

Segundo ele, o seminário enquadra-se ainda no momento em que se comemora o dia da desertificação, referindo a necessidade da promoção da arborização, protecção do ambiente e do combate à desertificação.

Lembrou que o processo de desertificação ocorre quando o homem pratica actos que acabam por criar dificuldades aos seres vivos, principalmente nas aldeias, devido as queimadas, para a prática da caça, criando desta forma dificuldades ao meio ambiente.

“Trata-se de um problema de educação, que tem origem dos hábitos dos ancestrais e hoje na actualidade devemos evitar tais práticas”, realçou.

Apelou à sociedade no sentido de preservar o meio ambiente e procurar saber ou refletir o que é o meio ambiente.

Participaram da actividade, o chefe de Departamento do Ambiente da província do Cuando Cubango, Júlio Bravo, o administrador municipal de Menongue, Miguel Dala “Popular”, directores provinciais, membros do Governo local, mulheres rurais, entre outros convidados. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA