Consumo de licor adulterado mata 33 pessoas na Índia

(Foto de Frederick Florin/AFP/Arquivos)
(Foto de Frederick Florin/AFP/Arquivos)
(Foto de Frederick Florin/AFP/Arquivos)

Trinta e três pessoas morreram na cidade de Mumbai e nove estão internadas em estado crítico depois que beberam um licor caseiro adulterado, informou a polícia, em um incidente recorrente na Índia

Dhananjay Kulkarni, subcomissário de polícia de Mumbai, afirmou que as vítimas começaram a passar mal na quarta-feira.

Ele teme que o balanço de mortes aumente nos próximos dias.

“A unidade criminal está investigando e três suspeitos estão sob custódia”, disse Kulkarni.

O licor de contrabando, fabricado de forma caseira, é amplamente consumido na Índia, onde garrafas são vendidas por um preço muito barato. As mortes por intoxicação são relativamente frequentes.

Este tipo de acidente é comum nas zonas rurais e pobres, mas não em grandes cidades como Mumbai.

De acordo com Kulkarni, este é o pior caso do tipo na cidade em mais de uma década.

“Uma tragédia similar aconteceu em 2004, quando mais de 100 pessoas morreram”, disse, ao recordar um caso no subúrbio de Vikhroli.

As vítimas do incidente desta semana moravam no bairro pobre de Malad West, zona norte da cidade. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA