Compositor da trilha sonora de ‘Titanic’ morre em acidente aéreo

(swissinfo.ch)
(swissinfo.ch)
(swissinfo.ch)

James Horner, compositor de trilhas sonoras de grandes sucessos de Hollywood, como “Titanic” e “Avatar”, morreu nesta segunda-feira, aos 61 anos, em um acidente de avião na Califórnia.

Segundo a revista Variety, Horner morreu na queda de um avião privado na localidade de Santa Bárbara.

“O brilhante compositor James Horner, amigo e colaborador em sete filmes, faleceu tragicamente em um acidente de avião. Meu coração sofre por seus parentes”, escreveu no Twitter o cineasta Ron Howard.

Horner ganhou duas estatuetas do Oscar por Titanic (1997), dirigido por James Cameron: um pela canção “My Heart Will Go On”, interpretada pela canadense Celine Dion, e outro pela trilha sonora de filme dramático.

Também foi indicado outras seis vezes ao prêmio da Academia, a primeira delas por “Aliens, O Resgate” (1986). As outras indicações vieram com “Campo dos Sonhos”, “Apollo 13,” “Coração Valente”, “Uma Mente Brilhante”.

A indicação mais recente de Horner ao Oscar aconteceu em 2009, pela ficção científica “Avatar”, também dirigida por James Cameron.

O protagonista de “Uma Mente Brilhante”, Russell Crowe, lamentou a morte de James Horner no Twitter.

“Meus mais sinceros pêsames à família, entes queridos e amigos de James Horner”, escreveu o ator australiano.

Outros atores e diretores homenagearam o compositor nas redes sociais.

“Estou incrivelmente triste com a notícia da perda de James Horner. Cresci amando seu trabalho. Deixa um legado musical espetacular”, escreveu Seth MacFarlane, criador de “Família da Pesada”.

“Não há nada que tenha marcado mais a minha experiência de ir ao cinema que a genialidade musical de James Horner. Ele ficará na história”, escreveu o ator Rob Lowe. (swissinfo.ch)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA