Coligação ‘dá passo atrás’ em medida de teletrabalho para pais

(D.R)

Medida visava ajudar os trabalhadores com filhos até aos três anos. Os patrões não gostaram e a maioria alterou a medida.

(D.R)
(D.R)

O PSD e o CDS deram um passo atrás na medida que visava criar um mecanismo flexível que permitisse aos pais com filhos até aos três anos recorrer ao teletrabalho, avança o Jornal de Negócios.

A medida, que pretendia facilitar a conciliação da vida profissional e pessoal dos trabalhadores, sofre um retrocesso após as criticas que se fizeram ouvir, sobretudo por parte da Confederação Empresarial (CIP).

Agora, a versão final apresentada e entregue na Assembleia da República, refere que o teletrabalho só será possível quando a entidade patronal dispuser de recursos e meios para o efeito, de modo a não afetar o seu normal funcionamento, organização e os recursos humanos. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA