Chefe de Estado de Cabo Verde em trânsito em Angola

Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos de Almeida Fonseca (D.R)

O Chefe de Estado de Cabo Verde, Jorge Carlos Almeida Fonseca, chegou hoje, terça-feira, a Luanda, em trânsito, com destino o seu país, depois de participar da 25ª Cimeira da União Africana (UA), realizada na África do Sul, de 14 a 15 do corrente mês.

Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos de Almeida Fonseca (D.R)
Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos de Almeida Fonseca (D.R)

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o Presidente Jorge Carlos Fonseca, em escala de 48 horas, não prestou declarações à imprensa, e recebeu cumprimentos do ministro angolano da Construção, Valdemar Pires, e diplomatas.

Durante dois dias, Chefes de Estados  africanos ou seus representantes abordaram vários assuntos, com realce para os relacionados com o combate ao terrorismo, a dignidade da mulher africana e o combate a várias endemias como o HIV-SIDA e o Ebola.

Discutiram ainda o grau de cumprimento das decisões  das cimeiras anteriores, a integração, livre circulação, a criação da zona de comércio livre no continente africano e o financiamento da organização, bem como a situação das reformas institucionais da UA, com vista a dotar este órgão de uma melhor eficácia.

A União africana, que sucedeu a Organização da Unidade Africana, ajuda na promoção da democracia, direitos humanos e desenvolvimento económico em África, especialmente no aumento dos investimentos estrangeiros, por meio do programa Nova Parceria para o Desenvolvimento da África.

Sob o lema “Ano do Empoderamento da Mulher e do Desenvolvimento da África: Rumo à Concretização da Agenda 2063”, o encontro debruçou-se também sobre um relatório do retiro ministerial do primeiro plano de aplicação decenal da Agenda 2063 da organização e os respectivos mecanismos de financiamento.

A análise dos relatórios da organização sobre a crise humanitária causada pela epidemia do Ébola em vários países da África Ocidental, estarão ainda em agenda, assim como os dos diferentes comités constituídos com mandatos precisos sobre a Agenda de Desenvolvimento pós-2015.

A República de Angola esteve representada por uma delegação chefiada pelo ministro da Defesa, João Gonçalves Lourenço, em representação do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA