Cabinda: Despedimentos em Malongo preocupam governadora

Governadora de Cabinda Aldina da Lomba Catembo (Foto: F. Miudo/Arquivo)

Cabinda – A governadora da província de Cabinda, Aldina da Lomba Catembo, manifestou-se preocupada com os despedimentos de trabalhadores por parte das empresas terciarizadas da Chevron, sem a observância dos preceitos legais da Lei Geral do Trabalho (LGT).

Governadora de Cabinda Aldina da Lomba Catembo (Foto: F. Miudo/Arquivo)
Governadora de Cabinda Aldina da Lomba Catembo (Foto: F. Miudo/Arquivo)

Aldina Catembo, que se pronunciava segunda-feira no encontro com a direcção da Chevron, no campo petrolífero do Malongo, lamentou que as empresas terciarizadas da Chevron não observam os preceitos legais da Lei Geral do Trabalho sobre os despedimentos quer individual quer colectivo.

Referiu-se também à falta de aviso prévio, de indemnizações e compensações, bem com ao acautelamento preferencial do pessoal nacional em detrimento do expatriado.

A governadora solicitou a intervenção da Chevron junto dessas empresas para o respeito obrigatório da legislação laboral, sob pena de os órgãos competentes agirem para repor a formalidade. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA