Bié: Responsável defende construção de novo sistema de água potável à sede de Camacupa

Estação de tratamento e captação de água (Foto: Angop)

Camacupa – A administradora de Camacupa, província do Bié, Alcida de Jesus Camatele, defendeu hoje, quinta-feira, a necessidade da construção de um sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável na região, visando garantir mais água às populações da circunscrição.

Estação de tratamento e captação de água (Foto: Angop)
Estação de tratamento e captação de água (Foto: Angop)

Em declarações à Angop, a governante realçou que actualmente a sede da vila e arredores são abastecidas de água potável, a partir de poços a manivelas, furos e pontos de água assegurados por sistemas solar, grupos geradores, lembrandoque o sistema antigo foi totalmente destruído durante o conflito armado que o país viveu.

A responsável confirmou haver neste momento um projecto do governo da província para a construção de um novo sistema de água potável na sede de Camacupa, no âmbito do programa “Agua para Todos”, admitindo que estudos estão em curso, no sentido de erguer o referido empreendimento a partir do rio Cunje (Camacupa).

O município de Camacupa, dista a 82 quilómetros a leste da cidade do Cuito (Bié), conta com uma população estimada em mais de 100 mil habitantes distribuídos em quatro comunas, como, Cuanza, Umpulo, Ringoma e Muinha. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA