Benguela: Índice de gravidez precoce preocupa administrador

(Foto: António Escrivão)
(Foto: António Escrivão)
(Foto: António Escrivão)

O administrador municipal adjunto de Caimbambo, província de Benguela, Carlos Manuel, manifestou-se preocupado com o elevado índice de gravidezes precoce que se regista nos últimos tempos na região.

Sem avançar dados estatísticos, Carlos Manuel que falava nesta sexta-feira para os membros da administração comunal de Cayave, disse que a gestação precoce tem vindo a mutilar o percurso escolar das raparigas.

O responsável que reprovou o fenómeno, apelou aos pais e encarregados de educação a apostarem mais na educação dos seus educandos, principalmente das raparigas.

O administrador adjunto de Caimbambo disse que as adolescentes com idade entre os 14 e 16 anos, são a franja mais visada, tendo defendido a necessidade da promoção de palestras para desencorajar adolescentes a esta pratica, sobretudo no meio rural. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA