Benguela: Exposição de banda desenhada recebe visita de 200 pessoas/dia

EXPOSIÇÃO DA BANDA DESENHADA (Foto: António Escrivão)

Benguela – Cerca de duzentas pessoas, principalmente alunos do ensino primário e secundário do I ciclo, visitam diariamente a exposição central do I Festival de Banda Desenhada de Benguela, facto que satisfaz a organização do evento.

EXPOSIÇÃO DA BANDA DESENHADA (Foto: António Escrivão)
EXPOSIÇÃO DA BANDA DESENHADA (Foto: António Escrivão)

A informação foi avançada hoje, quarta-feira, na cidade de Benguela, à Angop, pelo desenhista e membro da organização da actividade Álvaro Sampaio, tendo ressaltado que a iniciativa  está a atrair muito público, principalmente crianças, devido a criatividade dos artistas e a beleza das obras expostas na feira, que decorre de 16 a 28 deste mês, no jardim do Mercado Municipal “Heróis de Moncada”.

“Estamos contentes com o número de visitantes, que tem variado entre as 150 e as 200 pessoas, o que representa um êxito em termos de público”, sublinhou.

O também expositor de banda desenhada frisou que a organização está “bastante” satisfeita, na medida que o número de visitantes tem excedido as expectativas.

Referiu ainda que, a organização tem registado a presença de pais e outros encarregados de educação, estudantes universitários e outras individualidades interessadas em apreciarem caricaturas de figuras carismáticas como as dos músicos Nagrelha dos Lambas, Anselmo Ralph, Big Nelo e as cantoras da banda as Africanas.

O visitante Inocêncio Bartolomeu, de 16 anos, aluno da 9ª classe na Escola Secundária Santo Estêvão, salientou que, além de apreciar a exposição, pretende interagir com artistas profissionais, para perceber melhor como se faz um bom desenho.

“Gosto de fazer cartoon e esta é uma boa oportunidade para interagir com artitas profissionais”, sublinhou.

Para o aluno Auxílio Mendes, de 16 anos, reconheceu que a sua visita a exposição foi positiva, porque pode aprender, entre outras técnicas, a inclusão de legendas convidativas em retratos, com a ajuda dos mestres de banda desenhada das províncias de Benguela e Luanda.

Por sua vez, o estudante da 9ª classe André Eduardo manifestou a sua satisfação pela realização do Festival de Banda Desenhada, por lhe ter permitido aprender a fazer caricaturas.

A actividade, organizada pela “Fábrica de Caricaturas Angola” e a associação dos Jovens Criativos de Benguela e Amigos (J.C.B.A), se enquadra no âmbito do II Festival Nacional de Cultura de Angola (FENACULT), realizado entre Agosto e Setembro de 2014, e, concomitantemente, dos 40 anos da independência nacional, assinalar-se a 11 de Novembro. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA