Benguela: Diocese ordena oito novos sacerdotes

BENGUELA: ORDENAÇÃO DE NOVOS PADRES (Foto: Angop)

Benguela – Oito novos padres que fizeram o curso de Filosofia e Teologia no Seminário Maior do Bom Pastor foram ordenados domingo, pela Diocese de Benguela, numa cerimónia presidido pelo bispo emérito da Diocese local, Dom Óscar Braga.

BENGUELA: ORDENAÇÃO DE NOVOS PADRES (Foto: Angop)
BENGUELA: ORDENAÇÃO DE NOVOS PADRES (Foto: Angop)

Os sacerdotes com idades entre 27 e 38 anos, serão colocados em várias paróquias e missões da Igreja Católica em toda a província de Benguela, onde já estiveram a estagiar para celebrar a missa, sua principal função.

Além disso, outros nove novos diáconos receberam ainda hoje as sagradas ordens para o exercício do diaconato das mãos do bispo emérito da Diocese de Benguela.

Aos diáconos incumbe, entre outras tarefas, administrar os sacramentos do baptismo e matrimónio e acompanhamento a funerais.

Ao longo de 35 anos, a Diocese de Benguela ordenou mais de 300 sacerdotes para a Igreja, em celebrações de âmbito diocesano, sendo o agora bispo postulado Dom Óscar Braga, o que conferiu o maior número de sacramento da Ordem a padres diocesanos.

Em todos os anos, a Diocese de Benguela ordena em celebrações diocesanas novos padres para a Igreja, assim como diáconos.

Na sua homília, o bispo emérito chamou a atenção dos novos presbíteros para a importância do sacrifício, principalmente, no sacramento da Eucaristia e no sacramento da reconciliação.

Para Dom Óscar Braga, torna-se importante que os novos padres se unam cada vez mais a Cristo como sacerdote que pela humanidade se ofereceu a Deus como vítima santa para a salvação dos homens.

Ressaltou que as ordenações sacerdotais e diaconais representam um dom de Deus à Igreja e ao povo cristão e  este acontecimento significa o aumento de mais obreiros para trabalhar na assistência pastoral e espiritual das comunidades aonde serão enviados para anunciar a boa-nova do Reino Celestial. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA