Autoridades registam 20 pessoas de Cachirandanda com cegueira dos rios

(D.R)

Vinte adultos da comunidade de Cachirandanda, no município da Quiçama, em Luanda, estão cegos afectados pela oncorcecose, vulgo cegueira dos rios, doença provocada pelo uso de água não tratada retirada de rios e lagoas.

(D.R)
(D.R)

Em declarações hoje, sexta-feira, à Angop, a Directora do Gabinete Provincial da Saúde de Luanda, Rosa Bessa, fez saber que na mesma comunidade foi ainda diagnosticado um número considerado de adultos que estão em vias de cegueira, pois não conseguem ver numa distância de cem metros.

Por outro lado, acrescentou que um número elevado de crianças são portadoras de chistossomiase, doença que afecta o tracto urinário, causado pela ingestão de água infectada com caracóis, retirada de lagoas ou rios.

Para fazer face a situação, o governo provincial de Luanda fez deslocar uma equipa avançada que integra médicos, enfermeiros e técnicos de diagnóstico, que durante uma semana vão prestar assistência médica e medicamentosa gratuita aquela população, com consultas de medicina, pediatria, pré-natal e planeamento familiar.

A equipa que integra especialistas de doenças negligenciadas vai também identificar a magnitude das doenças tropicais negligenciadas, garantir cobertura vacinal as crianças, realizar busca activa de doenças transmissíveis e não transmissíveis, bem como realizar palestras sobre a promoção e prevenção de saúde e higiene e lavagem de mãos.

Para êxito da actividade, o governo provincial conta com o apoio de avionetas das forças armadas que ajudam no transporte de pessoal, material gastável e medicamentos devido a inacessibilidade da zona.

A comunidade de Cachirandanda possui 950 habitantes e carece de estruturas sanitárias pelo que são obrigadas a percorrer longas distâncias para conseguir assistência médica.

Oncocercose, também conhecido como cegueira dos rios, é segunda principal doença infecciosa causadora de cegueira no mundo. Ela é causado por ‘óleo volvulus, um nemátodo que pode viver até quinze anos no corpo humano, embora também pode viver em outros mamíferos.

Já a Chistossomiase é uma doença transmissível, causada por um verme pequeno que tem a água como meio de transmissão e que ao atingir a fase adulta vive nos vasos sanguíneos do homem, por isso, deve ser tratada tão logo a pessoa sinta os sinais da doença. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA