Ataque suicida do Estado Islâmico mata ao menos 10 em mesquita do Kuweit

(swissinfo.ch)
(swissinfo.ch)
(swissinfo.ch)

Pelo menos 10 pessoas foram mortas em um ataque a uma mesquita xiita no Kuweit nesta sexta-feira, disse o governador da cidade à Reuters.

O grupo militante Estado Islâmico reivindicou responsabilidade pelo ataque suicida, de acordo com uma declaração postada nas redes sociais.

A declaração identificou o homem-bomba como Abu Suleiman al-Muwahed e informou que o alvo era um “templo dos rejeicionistas” – termo usado pelo grupo militante para se referir ao muçulmanos xiitas, a quem considera hereges. (swissinfo.ch)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA