Apple Music já está a ser investigado por violação de práticas concorrênciais

(tecnologia.com)
(tecnologia.com)
(tecnologia.com)

Ainda não está disponível o novo serviço de streaming da Apple e o Apple Music já está a ser investigado por alegado incumprimento de regra de concorrência.

Foi no WWDC 2015 que conhecemos as novas apostas em termos de software da Apple, sendo que o Apple Music é uma das novidades já esperadas. O Apple Music é um sério concorrente ao Spotify e aos vários serviços de streaming de música, que só estará disponível no dia 30 de junho mas que já está sob investigação.

Segundo a agência Reuters, os Estados de Nova Iorque e Connecticut já estão a investigar o novo serviço por suspeita de práticas anti concorrências por parte da Apple. Segundo a informação, a Apple poderá estar a pressionar algumas editoras a assinar contratos com a empresa, bem como estará a pressionar para que as mesmas não disponibilizem os seus direitos a plataformas gratuitas, como o Spotify.

No dia 30 de junho o Apple Music fica disponível e poderá experimentá-lo durante três meses gratuitamente, custando 10 dólares por mês após este tempo. Também haverá um “Plano Família”, onde poderá pagar 15 dólares e partilhar a sua conta com seis dispositivos. (tecnologia.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA