Angola Investe já aprovou 55 projectos em 2015

O ministro da Economia, Abraão Gourgel (Foto: Angop)
O ministro da Economia, Abraão Gourgel (Foto: Angop)
O ministro da Economia, Abraão Gourgel
(Foto: Angop)

O ministro da Economia, Abrahão Gourgel, afirmou esta quinta-feira, em Luanda, que os 17 bancos aderentes ao Programa Angola Investe já aprovaram, deste o início deste ano, 55 projectos num valor de 6,7 mil milhões de Kwanzas.

Ao discursar na cerimónia de entrega de diplomas de Excelência 2015 a 575 pequenas e médias empresas angolanas (PME), Abrahão Gourgel referiu-se ao facto do apoio dos bancos não se confinar apenas aos períodos de maior bonança financeira no país.

O governante destacou o papel que o Fundo de Garantia de Crédito tem desempenhado não só ao permitir um acesso a crédito em melhores condições a muitos projectos, mas também no acompanhamento que é feito na execução dos projectos.

“Só este ano já foram realizadas mais de 50 visitas a projectos em vários pontos do país para contribuir para o sucesso dos programas”, sublinhou o governante.

Segundo o referiu, o acompanhamento dos projectos, a melhor preparação dos empresários e o maior conhecimento dos contornos do Angola Investe são uma combinação que permite antever que, apesar de este ser um ano de restrições, está criada a base para que o programa possa continuar a suportar as empresas ao longo deste ano.

O ministro referiu que a alavanca do financiamento tem um impacto significativo na capacidade do país de criar emprego, adiantando que o Angola Investe é o responsável, desde o início da sua criação, por 61.896 postos de trabalho.

Existem já mais de 10.200 micro, pequenas e médias empresas certificadas pelo INAPM que beneficiam de apoios em termos de formação e consultoria, e que podem tirar proveito de benefícios fiscais previstos na Lei 30/11 para terem mais recursos disponíveis para financiar o seu crescimento.

O ministro disse ainda que a formação tem sido uma componente contínua do programa, tendo para o efeito sido ministrados cursos básicos de empreendedorismo a mais de 55 mil formandos.

O Programa Angola Investe já aprovou, deste os finais de 2012, altura da sua implementação, 397 financiamentos a pequenas e médias empresas, num valor estimado de cerca de 72,8 mil milhões de Kwanzas. Deste total, 256 financiamentos foram já disponibilizados aos promotores.

O Banco Millennium Angola atribuiu diplomas as empresas angolanas e em especial às pequenas e médias (PMEs) pelo seu desempenho económico, solidez financeira e profissionalismo.

As PME Excelência 2015 foram atribuídas por várias regiões de Angola e também por vários sectores de actividade, nomeadamente Agricultura, Pecuária, Pescas, Materiais de Construção, Indústria Transformadora, Indústria Extractiva, Logístico, Hotelaria e Turismo e por empresas de Serviços de Apoio ao Sector Produtivo. (Angop/Expansão)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA