Angola felicitada no final do mandato na OIT

SUÍÇA: Embaixador e representante junto da ONU em genebra, Apolinário Correia, durante a cerimônia de abertura do conselho de administração da OIT. (Foto: Tito Pio)
SUÍÇA: Embaixador e representante junto da ONU em genebra, Apolinário Correia, durante a cerimônia de abertura do conselho de administração da OIT. (Foto: Tito Pio)
SUÍÇA: Embaixador e representante junto da ONU em genebra, Apolinário Correia, durante a cerimônia de abertura do conselho de administração da OIT. (Foto: Tito Pio)

Angola foi felicitada pelo seu desempenho na presidência do Conselho de Administração da Organização Internacional do Trabalho (OIT), durante uma Sessão realizada sábado, na Sede do Bureau Internacional do Trabalho (BIT), em Genebra (Suíça).

O desempenho de Angola no cargo, para o qual foi eleito em Junho do ano transacto, foi enaltecido no dia em que terminou o seu mandato por distintas personalidades, em particular o Director Geral da OIT, Guy Ryder, e pelos representantes dos Grupo Africano, América Latina (GRULAC), dos empregadores e dos trabalhadores.

Guy Ryder destacou o trabalho desenvolvido no período 2014-2015 pelo Embaixador Apolinário Jorge Correia, na qualidade de presidente do Conselho de Administração da OIT, no período 2014-2015, e pelo seu gabinete.

Afirmou que “o mandato que acaba de terminar foi coroado de êxito e alcançou os sucessos esperados graças ao trabalho realizado pelo seu gabinete, o seu profissionalismo, dedicação e espírito de diálogo”.

Por seu lado, o Grupo Africano mostrou-se orgulhoso por ter suportado a candidatura de Angola, tendo felicitado igualmente o presidente cessante do Conselho de Administração da OIT, pela capacidade demonstrada em conduzir com êxito questões difíceis, tais como o controlo e a execução das normas, a Reforma da OIT, entre outros.

Os elogios consubstanciaram-se também na realização da 104ª Sessão da Conferência Internacional do Trabalho, que terminou sábado no Palácio das Nações, mercê ao engajamento do Conselho de Administração.

No seu discurso, em final de mandato no Conselho de Administração da OIT, o Representante Permanente de Angola junto dos Escritórios das Nações Unidas e outras Organizações em Genebra, Embaixador Apolinário Correia, agradeceu em nome do governo angolano a confiança depositada e todo o apoio, tendo salientado o trabalho conjunto realizado no período 2014-2015.

Referiu-se aos casos que estavam pendentes e mereceram a devida atenção e tratamento, particularmente a questão das normas, as propostas de programa e orçamento para 2016-2017, e o processo de reforma do corpo que rege a OIT.

Realçou também a realização com sucesso da 104ª Conferência Internacional do Trabalho, os debates, consultas e discussões em torno da mesma, mormente a recomendação recente sobre a transição da economia informal para a economia formal, a promoção do trabalho decente.

O Embaixador frisou ainda a estratégia de cooperação técnica da organização, que deverá denominar-se “Cooperação para o Desenvolvimento, e outras actividades futuras, nomeadamente os preparativos da Cimeira das Nações Unidas no quadro de desenvolvimento para o período pós-2015.

A presidência do Conselho de Administração da OIT, órgão que assegura o funcionamento da organização entre as Conferências anuais, será agora exercida pelo Japão, na pessoa da Embaixadora Misako Kaji, obedecendo ao critério de rotação geográfica. (portalangop.co.ao)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA