Al-Qaeda considera ‘ilegítimo’ califado do EI na Síria e Iraque

(D.R)
(D.R)
(D.R)

O líder da Frente al Nosra, braço sírio da rede Al-Qaeda, qualificou nesta quarta-feira de “ilegítimo” o califado que o Estado Islâmico (EI) pretende instaurar em territórios da Síria e do Iraque.

Em uma entrevista divulgada pela rede de televisão Al-Jazeera, Abu Mohamed al-Jolani criticou o EI e descartou uma reconciliação entre as duas organizações jihadistas.

“Anunciaram um califado, mas os eruditos o rejeitam por ser ilegítimo. Isto não está baseado na lei islâmica”, disse Al-Jolani na entrevista, onde aparece com o rosto coberto por um pano negro.

A rivalidade entre os dois movimentos se agravou após o EI anunciar, em junho de 2014, sua vontade de instaurar um califado na Síria e no Iraque.

Para Al-Jolani, esta rivalidade permitiu ao regime do presidente sírio, Bashar al Assad, “prosperar”.

Os combatentes do EI não acataram “nossas ordens” como as de “não provocar explosões nos mercados ou não matar gente nas mesquitas”, disse o líder jihadista, para quem a organização rival “não combate seriamente o regime” de Assad. (yahoo.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA