A celebração do Ramadão no Egito (vídeo)

(DR)
(DR)
(DR)

A mesquita Al-Husain, no Cairo, é uma das muitas em que os egípcios fazem as cinco orações diárias durante o mês do Ramadão que começou quinta-feira.

Para muitos deles a celebração deste ano é vivida de forma diferente dos anos anteriores.

“Sentimos que há mais segurança do que em outros anos. As pessoas começam a sair e a viver normalmente. A vida começa gradualmente a chegar até nós”, disse um cairota.

Uma das tradições da celebração do Ramadão no Egito é a preparação de pratos e sobremesas populares, servidos após o período de jejum.

“Apesar do calor as pessoas esperam impacientemente o Ramadão e ficam felizes por jejuar. O Ramadão tem muito significado para nós, o que é demonstrado pelas celebrações e pela natureza da nossa cozinha”, afirmou um jordano a viver no Egito.

Pendurar lanternas “Fanoos” em casa e nas lojas é uma tradição que remonta a muitos séculos.

“O Ramadão no Egito tem um sabor especial com hábitos praticados desde há muito tempo. Apesar das circunstâncias difíceis, esperam que haja uma mudança para melhor”, sublinhou Mohammed Shaikhibrahim, da Euronews, no Cairo. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA