Zaire: Grupo de 117 ex-refugiados angolanos na RDC regressa ao país

Instantâneo da reintegração dos ex-refugiados angolanos (Foto: Angop/Arquivo)
Instantâneo da reintegração dos ex-refugiados angolanos (Foto: Angop/Arquivo)
Instantâneo da reintegração dos ex-refugiados angolanos (Foto: Angop/Arquivo)

Cento e 17 ex-refugiados angolanos que se encontravam radicados na República Democrática do Congo (RDC) regressaram, quinta-feira, ao país, através do posto fronteiriço do Luvo, 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Congo, província do Zaire.

Este é o décimo quarto comboio de regressados que a província do Zaire recebe desde o início da segunda fase do processo de repatriamento voluntário e organizado dos ex-refugiados angolanos na RDC, a 20 de Novembro de 2014.

Em declarações hoje à Angop, o director provincial da Assistência e Reinserção Social, Manuel José António, explicou que o grupo recém-chegado ao país tem como destino final a vizinha província do Uíge.

Esclareceu que a escala a Mbanza Congo desses compatriotas deve-se ao estado de degradação em que se encontra a via que liga Kimpese (RDC) à localidade de Quimbata, no município de Maquela do Zombo, província do Uíge.

Disse ter sido providenciada toda a assistência necessária às 35 famílias regressadas e que se encontram acolhidas no centro de Kinzau, 15 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Congo.

“Antes de seguirem para as suas zonas de origem, os regressados beneficiam de kits de reintegração compostos por bens diversos”, lembrou, tendo informado que o próximo comboio chega dia 28 do corrente mês.

Desde o início da segunda fase do processo, a província do Zaire já registou o regresso de dois mil e 567 regressados. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA