Vice-governador do Bié solicita população denunciar seitas religiosas enganosas

Carlos Ulombe da Silva - Vice-governador para área política e social no Bié (Foto: Bartolomeu do Nascimento)
Carlos Ulombe da Silva - Vice-governador para área política e social no Bié (Foto: Bartolomeu do Nascimento)
Carlos Ulombe da Silva – Vice-governador para área política e social no Bié (Foto: Bartolomeu do Nascimento)

O vice-governador para esfera política e social no Bié, Carlos Ulombe da Silva, reiterou a necessidade de reforçar a vigilância quanto as seitas religiosas que queiram enganar a população, aconselhando os cidadãos a denunciarem actos de género.

Em declarações à imprensa local, o vice-governador Carlos Ulombe da Silva exemplificou o caso da seita do “Sétimo Dia A Luz do Mundo” liderado por José Calupeteca que arrastou e enganou cidadãos menos esclarecidos para as montanhas, levando uma vida selvagem.

Lembrou que a mesma a seita realizou actos criminosos um pouco por todo o país, semeando a dor e luta, numa altura que o país consolida a paz, reconciliação nacional e aposta no desenvolvimento.

O vice-governador disse ser este o momento de coesão, reafirmação da paz, devendo-se reforçar a atenção e vigilância contra os inimigos da paz, denunciando todas as intenções que visam comprometer a tranquilidade e bem-estar da população.

“A situação do país é calma, está controlada e o governo angolano, através dos órgãos de defesa e soberania, garantem a defesa da integridade nacional, da constituição do país, bem como a tranquilidade e ordem pública”, garantiu.

Entretanto, várias congregações religiosas na província do Bié realizam neste sábado um culto ecuménico à favor da preservação da paz e da unidade nacional, onde a sociedade civil é convidada a participar. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA