Uíge: Importância do PR na resolução dos conflitos em África abordada em conferência

RECONHECIDO EMPENHO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, NA RESOLUÇÃO DOS CONFLITOS EM ÁFRICA ( Foto: Francisco Miúdo)

Uíge – A importância política e diplomática do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na resolução de conflitos em África foi tema de uma conferência realizada, quarta-feira, na província do Uíge, numa iniciativa do secretariado provincial da JMPLA na circunscrição.

RECONHECIDO EMPENHO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, NA RESOLUÇÃO DOS CONFLITOS EM ÁFRICA ( Foto: Francisco Miúdo)
RECONHECIDO EMPENHO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, NA RESOLUÇÃO DOS CONFLITOS EM ÁFRICA ( Foto: Francisco Miúdo)

O evento foi promovido no quadro da jornada patriótica em saudação ao Dia da África, a assinalar-se a 25 deste mês.

Ao intervir no acto de abertura, o primeiro secretário provincial da JMPLA no Uíge, Pedro Augusto Conga, disse que a JMPLA escolheu este tema no sentido dos políticos, docentes e estudantes reflectirem, analisarem e conhecerem melhor o contributo do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, em prol da resolução dos conflitos do continente, principalmente a nível da região dos Grandes Lagos.

Realçou que o Chefe de Estado angolano tem jogado um papel fundamental na resolução e pacificação de conflitos no continente africano, por ser uma personalidade visionária e respeitada no mundo político, dotado de conhecimentos profundos de diplomacia.

Apelou aos militantes da JMPLA a continuarem apoiar as tarefas do Executivo a nível da reconstrução nacional e desenvolvimento do país.

Por seu turno, o professor de Faculdade de Direito da Universidade Kimpa Vita Kodjo Teofilo reconheceu também o esforço e dedicação do Presidente da República da resolução e pacificação dos conflitos em África.

No encontro foram debatidos temas como “Políticas externa e interna dos países africanos”, “Diplomacia externa do presidente da República”, “A paz, guerra e reconciliação nacional”, “Segunda guerra mundial”,”Independências em África”, entre outros assuntos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA