Parlamentares dos partidos maioritários da SADC visitam Cuito Cuanavale

Participantes no Fórum dos Presidentes dos Grupos Parlamentares do Partidos Maioritários da SADC (Foto: Clemente dos Santos)
Participantes no Fórum dos Presidentes dos Grupos Parlamentares do Partidos Maioritários da SADC  (Foto: Clemente dos Santos)
Participantes no Fórum dos Presidentes dos Grupos Parlamentares do Partidos Maioritários da SADC
(Foto: Clemente dos Santos)

Os presidentes dos Grupos Parlamentares dos Partidos Maioritários da SADC deslocam-se hoje (sexta-feira), ao Cuito Cuanavale, província do Cuando Cubango, palco da considerada maior batalha militar em África, ao sul Sahara, na qual o exército angolano impos uma pesada derrota às forças militares do Apartheid, em 1988.

A deslocação, que se insere-se no programa do II Fórum dos Presidentes dos Grupos Parlamentares dos Partidos Maioritários da SADC, realizada em Luanda, de 6 a 8 de Maio, visa elucidar os deputados sobre a “Batalha do Cuito Cuanavale”, estando também agendada uma visita guiada a locais de interesse histórico.

Entretanto, o fórum da SADC foi instituído nesta quinta-feira, com a aprovação da “Declaração de Luanda”.

O documento foi rubricado pelos presidentes dos Grupos Parlamentares dos Partidos Maioritários da SADC ou seus representantes, nomeadamente Angola, Tanzânia, Namíbia, Lesotho, RDC, Zimbabwe, África do Sul, Botswana, Moçambique, Zâmbia, Seychelles, Maurícias, Malawi e Madagáscar.

“A institucionalização do Fórum constitui uma mais-valia em direcção à criação de condições para a harmonização de determinada legislação estruturante para o processo de integração regional”, considerou o presidente do Grupo Parlamente do MPLA, Virgílio de Fontes Pereira, ao discursar no acto de encerramento do encontro. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA