Nuno Melo: “PS fez por dificultar ciclo de ajustamento”

(Foto: Lusa)

O deputado europeu do CDS Nuno Melo recorda o uso da palavra “mudança” por parte de António Costa, por altura da vitória do Syriza na Grécia, para dizer que, “para quem invoca festejos, a bancarrota da Grécia deveria dizer qualquer coisa”.

(Foto: Lusa)
(Foto: Lusa)

Nuno Melo assina esta quinta-feira um texto de opinião no Jornal de Notícias onde o crítica o PS na oposição, dizendo que os socialistas dificultaram “a tarefa do ciclo de ajustamento”.

Numa altura em que os partidos preparam ‘espingardas’ para as eleições legislativas, Nuno Melo critica no mesmo texto várias figuras do PS, desde Mário Soares a José Sócrates, passando por João Galamba, deputado e economista do PS que fez parte do grupo de trabalho que criou elaborou o cenário macroeconómico ‘Uma década para Portugal’.

Sobre João Galamba, escreve Nuno Melo que o deputado dizia ter a certeza absoluta da inevitabilidade da recessão. Porém, e apesar das dificuldades que terão sido colocadas pelo PS, “PSD e CDS concluíram [o ciclo de ajustamento] com sucesso e a troika saiu do país”.

No mesmo texto, Nuno Melo recorre ainda à recente vitória de David Cameron no Reino Unido e a derrota de Edward Miliband para dizer que, “contas feitas, os socialistas portugueses saíram mais caros”, recordando que era o PS que estava no poder por altura da chegada da troika.  (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA