Nova Lei Geral do Trabalho vai trazer maior mobilidade das relações jurídicas laborais

Augusto Pombal - Inspector Geral do Trabalho (Foto: Angop)

A nova Lei Geral do Trabalho (LGT) vai trazer maior mobilidade das relações jurídicas laborais, permitindo assim a redução de conflitos laborais que decorriam nas empresas admitiu hoje, quinta-feira, em Luanda, o inspector Geral do Trabalho, Augusto Pombal.

Augusto Pombal - Inspector Geral do Trabalho (Foto: Angop)
Augusto Pombal – Inspector Geral do Trabalho (Foto: Angop)

Em declarações a imprensa, a margem do XI encontro metodológico da Inspencção Geral do Trabalho (IGT), Augusto Pombal disse que a Nova Lei tem ainda como maior novidade a questão relacionada com a redução dos conflitos laborais extra judiciais.

De acordo com o responsável, o novo diploma que já foi aprovado pela Assembleia Nacional e espera somente a sua publicação vai permitir a criação de mais postos de trabalho e de emprego.

Acrescentou que a nova lei traz artigos mais claros e que permitem maior relacionamento entre entidades empregadoras e empregados.

O encontro tem como objectivos aperfeiçoar os métodos e a acção da Inspecção Geral do Trabalho central na fiscalização do cumprimento das acções inspectivas dos serviços provinciais, dar forma coesa e uniforme a actividade exercida pelos inspectores do trabalho.

Na reunião, que decorre durante dois dias, estão a ser abordados temas como “apresentação do ante-projecto do regulamento interno da inspecção geral do trabalho”, “orientações sobre a aplicação do novo estatuto orgânico da IGT”, entre outros. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA