Mulher tenta entrar na Espanha com menino de 8 anos dentro de uma mala

Menino de oito anos é visto dentro de uma mala através de um aparelho de scanner da polícia espanhola. (Foto: REUTERS/MINISTERIO DEL INTERIOR)
Menino de oito anos é visto dentro de uma mala através de um aparelho de scanner da polícia espanhola. (Foto: REUTERS/MINISTERIO DEL INTERIOR)
Menino de oito anos é visto dentro de uma mala através de um aparelho de scanner da polícia espanhola.
(Foto: REUTERS/MINISTERIO DEL INTERIOR)

Uma criança de oito anos da Costa do Marfim foi escondida em uma mala para ser transportada clandestinamente do Marrocos para o enclave espanhol de Ceuta. A notícia foi confirmada nesta sexta-feira (8) por um porta-voz da Guarda Civil espanhola, que fez a descoberta.

A mala estava sendo transportada por uma jovem de 19 anos. Ela foi abordada durante um controle policial quando tentava atravessar uma passagem de pedestres em direcção a Ceuta, enclave espanhol de 20 km² situado no norte do Marrocos.

“Ao passar a mala pelo scanner, o operador identificou algo estranho, como se uma pessoa estivesse dentro da mala”, explicou o porta-voz da Guarda Civil. Quando a bagagem foi aberta, foi encontrada a criança em um “estado lamentável”, segundo ele.

O menino disse ter oito anos e ser originário da Costa do Marfim. A jovem que o acompanhava não era sua mãe e foi encaminhada para ficar à disposição da justiça.

Horas mais tarde o pai do menino foi detido ao tentar passar pela alfandega. De nacionalidade marfinense, ele vive nas Ilhas Canárias, que pertencentes à Espanha.

Escondido em contentor

No início da semana, um migrante marroquino de 23 anos foi encontrado desidratado em um contentor que tinha como destino o porto de Melilla, outro enclave espanhol no Marrocos.

Como a actividade no porto tinha sido reduzida devido ao feriado prolongado do dia 1° de Maio, o jovem passou quatro dias dentro do contentor sem comer nem beber. (voa.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA