Mercado do Bairro agora é Saborista. Também com sabor a Sumol Manga Jindungo

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

O Mercado do Bairro da Sumol + Compal ganhou novos sabores e agora é Saborista. A mudança de identidade do site de vendas online ocorre menos de um ano do seu lançamento.

João Castro, diretor de Inovação Sumol + Compal, explica o que motivou esta mudança e as novidades que o novo Saborista está a preparar, como uma edição limitada da Sumol Manga Jindungo, até agora só disponível para o mercado angolano.

O novo Saborista está agora presente no Facebook e Instagram.  E para assinalar o arranque, a marca está a oferecer aos três clientes que fizerem mais compras no primeiro mês um bilhete duplo para o Sumol Summer Fest, de 2 a 4 de julho, na Ericeira.

O que motivou esta mudança de identidade, pouco menos de um ano do lançamento do Mercado do Bairro?

O Mercado do Bairro cumpriu muito bem o seu papel como plataforma de teste para a construção de novas capacidades na Sumol+Compal, nomeadamente a componente de relação com o consumidor final, a construção de soluções web e mobile e a implementação de logística própria de entregas. Tudo isto era novo na Sumol+Compal e com o Mercado do Bairro tivemos a oportunidade de aprender e afinar a operação para ter agora confiança de poder servir mais pessoas e abrir a mais parceiros mantendo um nível elevado de atendimento. Entendemos que o novo nome é mais distintivo e dá-nos maior capacidade de passar a mensagem de experiências em torno dos sabores e de relação entre pessoas e marcas.

O que pretendem com esta alteração?

Saborista é próximo passo da experiência de relação directa entre os consumidores e as marcas, nossas e de parceiros, que pretendemos oferecer. E como o universo de partida foi o da Sumol+Compal, e é essa a nossa área de conhecimento, estamos concentrados em explorar boas experiências alimentares. Saborista, é um nome inventado que revela a mistura do mundo dos sabores com os especialistas e os entusiastas. Com esta plataforma queremos levar a uma população de “saboristas” o que nós preparamos e fazer o inverso, com os saboristas a liderarem as iniciativas e fazerem eles as suas escolhas sobre o que as marcas podem fazer.

O projeto arrancou em piloto, por convite, agora está em fase de navegação. Que resultados têm obtido?

O projeto está a ser usado por cada vez mais pessoas e com feedback muito bom. Num ano triplicamos o número de utilizadores ativos. O arranque foi intencionalmente apenas por convite para nos permitir ir aumentando capacidade à medida que nos sentíamos confortáveis com o nível de serviço que estávamos a conseguir entregar. Não queremos estar numa posição de ter de oferecer más experiências. Um dos principais pontos de feedback espontâneo que obtivemos dos nossos consumidores está relacionado com a qualidade do serviço de entrega, que é gratuito, em horários convenientes e em que tentamos ser rápidos disponibilizando entregas no próprio dia da encomenda quando possível.

Vendem produtos da Sumol+Compal e distribuídos pela empresa. Que outras parcerias estão a firmar?

Procuramos parceiros que entendam e queiram explorar connosco o território dos exclusivos e relação de proximidade com um conjunto de clientes. Temos parcerias com a cervejeira Damm para vender, para além do portefólio que disponibiliza para Portugal, edições exclusivas como a Weiss Damm e a AK Damm. Temos também já disponível produtos da marca Minerva que resultam da parceria com a Poveira e produtos da SweetSoul, um projeto da pasteleira Joana Quinta. Comparado com o Mercado do Bairro alargamos ainda a oferta de azeites Gallo.

Que outros produtos exclusivos pensam vir a testar neste Saborista?

Ainda não estamos em posição de poder revelar muito. São várias as surpresas que temos estado a trabalhar com várias das marcas da Sumol+Compal bem como de vários novos parceiros que valorizam como nós esta capacidade de desafiar os “saboristas” com propostas únicas que contamos ter à venda em breve.

Para já mantemos a cadência de uma edição exclusiva Compal por mês. Está neste momento a ser finalizada uma edição limitada de Compal Ananás dos Açores e vamos em breve ter um sabor especial de Sumol, o Manga Jindungo, um sabor picante e até aqui apenas disponível no mercado Angolano. (dinheirovivo.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA