Liga Portuguesa, J32: Benfica a um passo do título mas Porto ainda sonha

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

Na maratona que é a Liga portuguesa chegou o momento do sprint e à entrada da reta da meta, é o Benfica que se encontra na frente. A equipa encarnada segue a toda a velocidade e na 32ª jornada não sentiu grandes dificuldades para derrotar o Penafiel por 4-0.

Mesmo sem fazer uma exibição de encher o olho, a formação de Jorge Jesus jogou quanto baste para conseguir uma goleada frente a uma equipa que já baixou os braços e que somou na Luz o décimo encontro consecutivo sem vencer.

A derrota de sábado apenas confirmou o que há muito se sabia: a equipa penafidelense não estava preparada para a primeira divisão e na próxima temporada jogará novamente no escalão secundário.

Lima, por duas vezes, Pizzi e Jonas foram os autores dos golos encarnados.

O encontro terminou em festa para a esmagadora maioria dos 57 450 espetadores presentes no Estádio da Luz. A duas jornadas do fim, o Benfica precisa de apenas uma vitória para festejar o primeiro bicampeonato em 31 anos.

É verdade que os encarnados têm a faca e o queijo na mão mas pelos vistos não aprenderam com os erros do passado e aparentemente já começaram a lançar foguetes.

À espreita continua o FC Porto. A equipa de Lopetegui não baixa os braços e mesmo sem brilhar, levou de vencida o Gil Vicente por dois golos sem resposta. O resultado permite aos portistas continuar a sonhar, já a formação de Barcelos deixou de depender de si própria para evitar a descida.

O inevitável Jackson Martínez foi o grande destaque dos dragões ao marcar ambos os golos azuis e brancos. O colombiano conta agora 20 golos no campeonato (mais dois que Jonas) e está cada vez mais próximo de se tornar no melhor marcador da liga portuguesa pelo terceiro ano consecutivo. Desde Mário Jardel que não se via nada assim.

Na Amoreira, Estoril e Sporting limitaram-se a cumprir calendário. A equipa da linha irá terminar tranquila a meio da tabela, o Sporting tem o terceiro lugar garantido e prefere concentrar todas as atenções na final da Taça de Portugal. O jogo, sem grandes motivos de interesse, terminou empatado a uma bola.

Também o Sporting de Braga parece pensar apenas no Jamor. A equipa de Sérgio Conceição foi surpreendida em casa pelo Marítimo e somou o quarto encontro consecutivo sem vencer. Apesar de ocuparem a décima posição, os madeirenses colocaram-se a apenas três pontos de um lugar europeu.

Têm a companhia dos vizinhos do Nacional (ambos com 41 pontos). A equipa de Manuel Machado empatou a duas bolas na receção ao Vitória de Guimarães. Marco Matias marcou por duas vezes e impediu a sua antiga equipa de se colocar a apenas dois pontos do Sporting de Braga. Ainda assim, o quinto lugar está garantido para os pupilos de Rui Vitória.

Ainda na luta por um lugar europeu, Rio Ave e Paços de Ferreira marcaram passo ao não irem além de um nulo em Vila do Conde. Quem não soube aproveitar foi o Belenenses, que também não foi além de um empate em Coimbra.

O ponto valeu ouro para a Académica mas ainda não foi suficiente para garantir matematicamente a manutenção. O mesmo pode ser dito do Arouca, que deu mais um passo pequenino rumo à tranquilidade ao empatar na receção ao Boavista.

Já o Vitória de Setúbal foi derrotado por 3-1 em Moreira de Cónegos mas continua acima da linha de água. Os sadinos têm três pontos de vantagem sobre o Gil Vicente. (euronews.com)

(EURONEWS)
(EURONEWS)

por Bruno Sousa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA