Legislatura: Maioria pressionada a aprovar dossiers na reta final

(DR)
(DR)
(DR)

Deputados têm até 16 de julho para fechar diplomas quentes que estão a colocar pressão à atual maioria.

O Executivo PSD/CDS está a trabalhar em contrarrelógio no sentido de ver aprovados, antes do final da presente legislatura, alguns dossiers quentes que aguardam um desfecho, destaca o Diário Económico.

Os casos mais flagrantes são a lista de pedófilos e os estatutos da GNR e PSP, que arriscam não sair do papel caso a coligação não vença as eleições e venha a haver um governo formado por socialistas.

Outra das bandeiras deste Executivo é a lei do enriquecimento ilícito, a Lei do Enquadramento Orçamental (LEO) e o reforço da supervisão bancária, que têm até ao dia 16 de julho para sair do Parlamento.

Em ano de eleições legislativas, os dossiers que não ficarem fechados caducam e ficam sujeitos à apresentação de diplomas por parte de um novo governo e um novo Parlamento. (noticiasaominuto.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA