Imunoterapia, técnica revolucionária contra o cancro, é apresentada em congresso nos EUA

Especialistas de todo o mundo se reúnem a partir desta sexta-feira (29) no congresso da Asco em Chicago. (Divulgação/Asco)
Especialistas de todo o mundo se reúnem a partir desta sexta-feira (29) no congresso da Asco em Chicago. (Divulgação/Asco)
Especialistas de todo o mundo se reúnem a partir desta sexta-feira (29) no congresso da Asco em Chicago.
(Divulgação/Asco)

A imunoterapia, uma nova técnica que promete tratar todos os tipos de cancro, será apresentada no congresso anual sobre o Cancro, que começou nesta sexta-feira (29) em Chicago, nos Estados Unidos. O tratamento promete revolucionar o mundo da medicina.

Pesquisadores e especialistas reunidos em Chicago para o congresso da Sociedade Americana da Oncologia Clínica (Asco, sigla em inglês) apostam todas as suas fichas no novo tratamento. A imunoterapia se mostra eficaz até mesmo contra os tumores mais agressivos, para os quais os médicos não tinham, até então, nenhuma solução.

O grande segredo da nova técnica foi a compreensão de que a célula maligna não é a única responsável pelo cancro. Em qualquer tipo de cancro, as células imunitárias, que defendem o organismo, entram em uma espécie de pausa.

Os especialistas encontraram essas moléculas paralisadas e desenvolveram anticorpos capazes de “acordá-las”. O tratamento funciona tão bem que é capaz de limitar a progressão do tumor de forma eficaz e duradoura.

Aplicação deve começar em breve

Especialistas acreditam que a autorização das autoridades para a aplicação da imunoterapia deve acontecer rapidamente. Os Estados Unidos já colocaram em prática dois tratamentos desse tipo no final de 2014. Na Europa, as autoridades devem autorizar brevemente um tratamento imunoterápico contra o câncer de pulmão e de pele. (rfi.fr)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA