Huambo: Vice-governador considera urgente a melhoria dos sistemas de para-raios

Huambo: Vice-governador para o sector economico, Joaquim Rodrigues da Conceição (Foto: Edilson Domingos)
Huambo: Vice-governador para o sector economico, Joaquim Rodrigues da Conceição (Foto: Edilson Domingos)
Huambo: Vice-governador para o sector economico, Joaquim Rodrigues da Conceição (Foto: Edilson Domingos)

O vice- governador para o sector económico do Huambo, Joaquim Rodrigues da Conceição, reconheceu quinta-feira, ser urgente a melhoria dos sistemas de para-raios na província, em função das avultadas consequências resultantes das descargas atmosféricas.

O responsável que falava no seminário técnico sobre descargas atmosférica, promovido pela empresa SOMOLUZ, considerou delicados os constantes casos de descargas eléctricas que têm ocorrido na província em tempo de chuva, derivado do mau estado e falta de para-raios em algumas localidades da região.

Afirmou que o fenómeno natural tem provocado serias consequências humanas e materiais, constituindo ainda uma das grandes precauções do governo da provincial em função da situação.

De acordo com o vice-governador, depois da sinistralidade rodoviária e da malária, as descargas eléctricas representam uma das maiores causas de mortes de muitas pessoas, deixando ainda outras em estado debilitado, sem condições para exercem as suas actividades diárias.

Acrescentou que a situação tem tido igualmente implicações negativas no processo de investimento económico, que tem sido levado a cabo pelo governo local.

Por esta razão, assegurou que esforços serão conjugados, em colaboração com as empresas do ramo, para que a situação seja acautelada, antes do início da próxima época chuvosa.

Referiu que a empresa SOMOLUZ constitui um parceiro nesta tarefa, para se criar mecanismos necessários do ponto de vista técnico e material, visando a concretização exitosa dos desafios traçados.

Participaram do encontro, membros do governo da província, entidades policiais, académicos, ambientalistas e geógrafos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA