Huambo: Conselho recomenda maior atenção à socialização das famílias

Huambo: CONSELHO CONSULTIVO DA FAMÍLIA (Foto: JULIO VILINGA)
Huambo: CONSELHO CONSULTIVO DA FAMÍLIA (Foto: JULIO VILINGA)
Huambo: CONSELHO CONSULTIVO DA FAMÍLIA (Foto: JULIO VILINGA)

Os membros do Conselho Provincial da Família do Huambo, reunidos na sua VXI sessão ordinária, recomendaram aos pais maior empenho na socialização das famílias, promoção da cultura de paz, através de um diálogo franco e construtivo.

A recomendação consta do comunicado final saído do encontro decorrido quinta-feira, nesta cidade, sob o lema “Minha família, Minha inspiração”, em que concluiu-se que os pais constituem o ponto de referência da transmissão de valores aos filhos, mas muitos negligenciam os seus deveres.

Por esta razão, realçaram a necessidade dos líderes deste núcleo social serem modelos de inspiração dos filhos através de boas práticas, da fé religiosa, de carinho, respeito, solidariedade, amor à pátria e respeito pelas instituições públicas.

Afirmam, por outro lado, que as escolas e as igrejas são parceiras importantes nesta empreitada de transmissão dos valores morais, cívicos e culturais, pelo que devem contribuir da educação dos cidadãos, punindo as condutas indecentes dos seus membros.

Para os participantes, cabe ao Ministério da Família e Promoção da Mulher e seus parceiros a disseminação na sociedade de uma formação igual do género, visando a construção de uma comunidade mais equilibrada.

Recomendara as instituições afins no sentido de promoverem feiras educacionais de cidadania a nível das comunidades, através de métodos atractivos, tais como o teatro, dança e música.

Devem igualmente despertar no seio dos autóctones a cultura de denúncia das práticas violentas nos lares, para que as mesmas possam ser rapidamente reprimidas através dos instrumentos legais.

A XVI sessão ordinária do Conselho Provincial da Família visou proporcionar um ciclo de reflexões sobre o papel da família na educação e orientação dos seus membros, promover o resgatar dos valores morais, cívicos, éticos, culturais e patrióticos e avaliar o grau de cumprimento das recomendações saídas da 15ª sessão do órgão a nível nacional.

Durante o encontro, os delegados abordaram temas como, “O papel da família na transmissão de valores morais, cívicos e culturais”, “A figura do pai como modelo de inspiração dos filhos”, “Como desenvolver uma relação saudável entre pais e filhos”, entre outros. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA