Governo de Cabo Verde proíbe a venda de carne de porco em quatro ilhas

Suínos geram preocupação em várias ilhas de Cabo Verde (RFI / S. Celi)
Suínos geram preocupação em várias ilhas de Cabo Verde (RFI / S. Celi)
Suínos geram preocupação em várias ilhas de Cabo Verde
(RFI / S. Celi)

Devido à peste suína que está a afectar a ilha da Boavista, o Governo de Cabo Verde proíbe a venda de carne de porco em quatro ilhas do país.

A interdição foi anunciada pela Ministra do Desenvolvimento Rural, Eva Ortet horas antes de iniciar uma visita de trabalho à ilha da Boavista.

Em declarações à rádio pública, Eva Ortet disse que para além da Boavista que tem registado várias mortes de porcos, as ilhas do Maio, de Santiago e do Fogo vão estar abrangidas pela proibição.

Desde finais do mês de Março já morreram mais de  uma centena de porcos na ilha da Boavista, por causa da peste suína.

O Governo através da Ministra do Desenvolvimento Rural reúne-se hoje e amanha com os produtores pecuários locais e operadores turísticos para que a peste suína não tenha impacto negativo no turismo.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, no último trimestre do ano passado, Boavista foi a ilha mais procurada pelos turistas representando cerca quarenta e seis por cento nas dormidas nos estabelecimentos hoteleiros do arquipélago. (rfi.fr)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA