Futebol: Comentarista alerta para retirar pressão sobre Palancas Negras

Palancas Negras (Foto: Arquivo/Angop)
Palancas Negras (Foto: Arquivo/Angop)
Palancas Negras (Foto: Arquivo/Angop)

O comentarista de futebol Paulo Tomás alertou quinta-feira, em Luanda, para se evitar elevar as expectativas em torno dos compromissos da selecção nacional, que se avizinham para o CHAN2016 e CAN2017.

Em declarações à Angop, perspectivando o jogo Angola-RCA, a decorrer dia 13 de Junho, em Lubango, qualificativo ao CAN2017 (Gabão), o antigo defesa internacional angolano salientou que os Palancas Negras precisam de trabalhar muito em cada jogo para consolidar a táctica, técnica e o entrosamento do grupo.

Na perspectiva deste especialista da modalidade, uma possível pressão sobre os Palancas Negras elevará as expectativas e não se alcançará os resultados esperados, já que o momento da selecção nacional “é mau”.

Relativamente às ausências na convocatória de Manucho Gonçalves, Djalma Campos e Dani Massuguna, Pauo Tomás disse que tem informações de que os dois primeiros se mostaram indisponíveis, após contactos com o seleccionador nacional, Romeu Filemon.

Quanto a Dani Massuguna, aconselhou a cultivar o respeito ao treinador, responsabilidade e humildade, em função dos seus antecedentes no combinado angolano.

Na sua visão quanto aos convocados, apoia as opções do seleccionador, por serem os melhores do momento, embora considere que o avançado Chole do Bravos do Maquis, com seis golos marcados a uma jornada do término da primeira volta do Girabola2015, devia constar da pré-selecção.

Além do jogo do Lubango (Huila), os Palancas Negras defrontam no mesmo de Junho, dia 21, a congénere da Suazilândia, em M’bambane, para o Campeonato Africano dos futebolistas que actuam nos seus países (CHAN). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA