Formados mais de 25 mil quadros em administração pública central e local

EDSON BARRETO - COORDENADOR DA UNIDADE TÉCNICA DE GESTÃO - UTG/PNFQ (Foto: Clemente Dos Santos)

O Plano Nacional de Formação de Quadros, relativamente ao ajustamento da oferta formativa nos domínios estratégicos de formação no período 2013 e 2014, formou pelo menos 25 mil e 467 quadros nacionais em administração pública central e local.

EDSON BARRETO - COORDENADOR DA UNIDADE TÉCNICA DE GESTÃO - UTG/PNFQ (Foto: Clemente Dos Santos)
EDSON BARRETO – COORDENADOR DA UNIDADE TÉCNICA DE GESTÃO – UTG/PNFQ (Foto: Clemente Dos Santos)

A informação foi prestada nesta terça-feira, em Luanda, pelo coordenador da Unidade Técnica de Gestão do PNFQ, Edson Barreto, na sessão de abertura da apresentação dos resultados do relatório de monitorização do Plano Nacional de Formação de Quadros 2013 e 2014.

Referiu que a meta é formar até 2020 cerca de 20 mil e 815 quadros em administração pública central e 152 mil 650 quadros em administração pública local, perfazendo assim um total de 173 mil e 465 quadros.

Explicou que o Ministério da Administração do Território em parceria com o IFAL tem a responsabilidade de formar 88 porcento dos quadros sobre administração pública, e o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social tem a responsabilidade de formar 12 porcento dos quadros.

Salientou que o programa de acção sobre a formação de quadros para o empreendedorismo e desenvolvimento empresarial tem uma taxa de execução mais elevada. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA