EUA: Tiroteio na Califórnia deixa três feridos e atualiza questão sobre porte de armas

(AP Photo/ Jae C. Hong)
(AP Photo/ Jae C. Hong)
(AP Photo/ Jae C. Hong)

Três pessoas ficaram feridas em um tiroteio no campus da Universidade da Califórnia na segunda-feira (11).

De acordo com as fontes da universidade, os tiros foram ouvidos às 19h30 da hora local (23h30 em Brasília) na cidade de Isla Vista, perto de Santa Barbara.

Segundo as autoridades policiais, citadas pelo jornal The Los Angeles Times, o fogo foi aberto por dois assaltantes. Um deles já foi detido, mas o outro conseguiu fugir em um carro.

(DR)
(DR)

O ataque ocorre um pouco menos de um ano após o massacre de 23 de Maio de 2014, também em Isla Vista. Naquela altura, o jovem Elliot Rodger matou três pessoas a facadas no seu apartamento perto do campus universitário. Feito isso, Rodger saiu à rua e começou um tiroteio, matando duas meninas a tiros. Depois, suicidou-se.

(DR)
(DR)

Segundo especialistas, o incidente pode ressuscitar o debate sobre o porte de armas. A discussão legislativa prevê um controle mais rígido sobre as pessoas que possuem armas. Os cidadãos comuns também comentam o assunto no Twitter. Uma postagem diz, por exemplo: “Depois de um tiroteio, já não é demasiado cedo para discutir as leis sobre o porte de armas nos EUA; já passou a hora para Isla Vista. É preciso agir!”. (sputniknews.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA