Eleições britânicas: impasse no último dia de campanha

Um journalista com as fotos de Ed Miliband (esquerda) e David Cameron (direita). (REUTERS/Stefan Wermuth)
Um journalista com as fotos de Ed Miliband (esquerda) e David Cameron (direita). (REUTERS/Stefan Wermuth)
Um journalista com as fotos de Ed Miliband (esquerda) e David Cameron (direita).
(REUTERS/Stefan Wermuth)

No último dia de campanha das eleições britânicas para o legislativo, ainda não se sabe, segundo pesquisas, qual dos dois grandes partidos sairá vencedor: o Partido Conservador, liderado pelo primeiro ministro David Cameron, ou o Partido Trabalhista, de Ed Miliband. Eles estão praticamente empatados, com 33% das intenções de voto.

Um dos motivos dessa disputa acirrada é o crescimento de partidos menores, como o Partido Nacionalista Escocês e o Partido de Independência do Reino Unido.

União Europeia

O resultado das eleições pode mudar também o tabuleiro da União Europeia. Se continuar no poder, Cameron promete organizar um referendo daqui a dois anos para decidir se a Grã-Bretanha deve deixar o grupo.

Mais de 45 milhões de britânicos deverão ir às urnas nesta quinta-feira (7) para uma eleição que promete ser uma das mais disputadas da história do país. O voto é facultativo no Reino Unido. (rfi.fr)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA