Cuanza Norte: Ministro Pitra Neto advoga cursos de curta duração para capacitar agentes administrativos

Novo centro integrado de emprego e formação profssional de Ambaca (Foto: Estevão Manuel)
Novo centro integrado de emprego e formação profssional de Ambaca (Foto: Estevão Manuel)
Novo centro integrado de emprego e formação profssional de Ambaca (Foto: Estevão Manuel)

O Ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, António Pitra Neto, sugeriu quinta-feira, em Camabatela, Cuanza Norte, a implementação de cursos de curta duração, no centro integrado de formação profissional de Ambaca, ora inaugurado, para possibilitar a capacitação dos agentes administrativos na região.

O governante que falava durante o acto inaugural do centro integrado de emprego e formação profissional de Camabatela referiu que tal medida vai ajudar a dotar os agentes administrativos de mais conhecimentos para que possam exercer com êxito as suas atribuições, tornando a administração pública mais dinâmica, actuante e próxima das populações.

“Esperamos que possam assinar acordos com os serviços públicos administrativos para que haja cursos de curta duração para capacitar os nossos funcionários”, disse.

Segundo Pitra Neto, a formação dos referidos agentes administrativos facilitará a simplificação da burocracia que enferma actualmente os serviços públicos e permitir que a prossecução dos interesses colectivos seja feita com celeridade e eficiência por via da modernização da actuação da administração pública.

Construído numa área de 60 metros quadrados, o centro integrado de emprego e formação profissional de Camabatela tem capacidade para albergar 550 formandos por cada ciclo formativo e está dotado de equipamentos modernos, ajustados as novas tendências de desenvolvimento técnico e tecnológico.

Capacitar os jovens, elevar o nível de conhecimento técnico profissional, bem como oferecer oportunidades de formação aos jovens em particular e das demais camadas da população, com vista a proporcionar condições para a sua integração equilibrada no mercado de trabalho constituem os principais objectivos que estiveram na origem da criação do centro.

O centro, inaugurado pelo ministro Pitra Neto vai disponibilizar cursos nas áreas de alvenaria, electricidade de baixa tensão, agro-pecuária, corte e costura, decoração, culinária, pastelaria, cabeleireiro, mesa e bar, informática, entre outros.

A província do Cuanza Norte conta com 13 Centros de Formação Profissional, dos quais dois Integrados de Emprego e Formação Profissional situados no Dondo, município de Cambambe e Camabatela, Ambaca. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA