Cuanza Norte: Devotos de Maria Auxiliadora participam desde hoje na peregrinação ao santuário da Kipata

Cuanza Norte: Peregrinação ao Santuário "Maria Auxiliadora" de Ndalatando (Foto: Lucas Leitão)
Cuanza Norte: Peregrinação ao Santuário "Maria Auxiliadora" de Ndalatando (Foto: Lucas Leitão)
Cuanza Norte: Peregrinação ao Santuário “Maria Auxiliadora” de Ndalatando (Foto: Lucas Leitão)

Cerca de dois mil e 500 fiéis católicos de diversas regiões do pais participam a partir de hoje, em Ndalatando, Cuanza Norte, na peregrinação anual, ao santuário de Maria Auxiliadora, situado na paróquia da Kipata, nesta cidade

De acordo com o coordenador do evento, Padre Aurélio Bumba Mauro, em declarações a Angop, a romagem que começa dentro de algumas horas vai contar com a participação de peregrinos de Luanda, Cuanza Sul, Benguela, Cabinda, Moxico, Huambo e demais províncias onde tem implantadas congregações de padres Salesianos de Dom Bosco.

O religioso disse estarem criadas todas as condições para o acolhimento dos devotos da Santa Maria Auxiliadora, enaltecendo, o apoio do governo provincial e da administração do Cazengo (município sede da província) que disponibilizaram meios como balneários de campanha, cisterna de água para apoiar a actividade.

O programa de actividade reserva, entre outras, a celebração de uma missa hoje que vai marcar a abertura e outra no sábado, encontros juvenis, momentos cultural “mariano”, retiros espirituais, palestras e catequeses que vão abordar diversos temas missionários.

Aclarou que o ponto mais alto da peregrinação será marcada pela realização de uma procissão, prevista para as 16 horas de sábado, que vai partir do largo adjacente ao Hospital Municipal de Cazengo e vai percorrer várias artérias da cidade de Ndalatando, até ao Santuário da Nossa Senhora Maria Auxiliadora, localizado no bairro da Kipata.

Com a duração de três dias, o certame tem o termino previsto para domingo, com a realização de uma “Missa de Acção de Graças” a ser celebrada pelo bispo da Diocese de Ndalatando, Dom Almeida Kanda.

O evento será ainda marcado por momentos de oração pessoal e em comunidade para súplicas e agradecimento pelas bênçãos de Deus com o auxílio da “virgem”, disse. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA