Câmara aprova fim da reeleição para presidente, governador e prefeito

Câmara dos Deputados(Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil/VEJA)
Câmara dos Deputados(Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil/VEJA)
Câmara dos Deputados(Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil/VEJA)

A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, o fim da reeleição para cargos no Executivo. Após todos os partidos orientarem suas bancadas a favor da emenda no âmbito da PEC da Reforma Política, a reeleição foi extinta para prefeitos, governadores e presidente da República a partir das próximas eleições por 452 votos. Apenas 19 deputados foram contra a mudança. Houve uma abstenção.

O fim da reeleição foi o segundo item da reforma política aprovada pela Câmara, após uma série de rejeições ocorridas entre ontem e hoje. Os deputados já haviam aprovados, na noite desta quarta-feira, 27, a inclusão de uma emenda na Constituição autorizando empresas privadas a fazerem doações para as campanhas eleitorais dos partidos políticos. Além da autorização para pessoas físicas doarem diretamente para os candidatos.

A Câmara retomará hoje (28 de maio), a votação de outras emendas da PEC da Reforma Política, como a coincidência ou não das eleições para presidente, governador, prefeito, senador, deputado e vereador num mesmo pleito e não mais a cada dois anos como ocorre hoje. A pauta inclui o fim do voto obrigatório. (Estadão Conteúdo)

por Nivaldo Souza e Daniel Carvalho

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA